Classificação TI-RADS dos nódulos de tireoide

Nódulos de tireoide são muito comuns e a prevalência aumenta com a idade podendo ser encontrados no exame médico de rotina ou percebidos como uma massa na região cervical pelo próprio paciente ou por alguém próximo como um amigo ou familiar. Em outras oportunidades, os nódulos são diagnosticados por ecografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética ou PET realizados por outros motivos que não sejam necessariamente para avaliação da tireoide. A composição, ecogenicidade, morfologia, margem e presença de focos ecogênicos avaliados pela ecografia possibilita o emprego da classificação TI-RADS com objetivo de selecionar os nódulos de tireoide que precisam ser puncionados. Para mais informações, acesse o link abaixo.
https://www.clinen.com.br/2017/04/o-que-sao-os-nodulos-de-tireoide-e-como-identifica-los/

Nenhuma descrição de foto disponível.

Dra. Maria de Fátima de Magalhães Gonzaga

Endocrinologista, com título de especialista pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia e mestrado em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília. Especialista em Clínica Médica, com experiência na área de Medicina Interna. Atualmente, é responsável pelo ambulatório de diabetes mellitus e pelo ambulatório de endocrinologia geral do Hospital Universitário da Universidade de Brasília. Atua como preceptora de ensino e coordenadora da Residência Médica em Endocrinologia e Metabologia na mesma instituição.

Agendamento de Consulta com Dra. Maria de Fátima De Magalhães Gonzaga

Leia mais a propósito dos assuntos relacionados:

Artigo publicado em 14 de abril de 2019. Para ler mais textos sobre saúde, acesse nossa página de artigos.